Frete  Grátis  para  todo  Brasil nas compras acima  de R$ 300,00


 
LIMPEZA PEDRAS PRECIOSAS 

 

 

 

 

   

 

CUIDADOS NA LIMPEZA DAS GEMAS

Quando uma venda é realizada o cliente deve receber informações de como limpar sua jóia e as gemas adquiridas. Ele vai lembrar da atenção do vendedor ao ensiná-lo como tratar, e assim manter a beleza de sua compra.

As técnicas de limpeza das jóias e gemas mais comumente usadas são aqui apresentadas, bem como os cuidados paralelos que devem ser tomados com relação às condições ambientais que as gemas são submetidas.

O modo de limpeza mais utilizado no "faça você mesmo a limpeza” é o da fervura, muito efetivo para determinadas gemas, mas muito perigoso na grande maioria das vezes. Segue-se a utilização da limpeza por ultra-som ou vibração.

Para retirar o resíduo do pó ou a massa de polimento que sempre fica nas peças recém fabricadas, os joalheiros costumam submeter suas peças à uma limpeza por fervura, ultra-som ou vibração, como última etapa na linha de fabricação. São sempre observados cuidados especiais aplicação dos métodos de limpeza.

Devemos sempre ter em mente que as gemas são substâncias que sofreramaltas pressões e temperaturas durante o processo de formação: cristalização e solidificação por resfriamento durante milhares de anos. Como qualquer sólido, sofrem dilatações e contrações quando submetidas à mudanças de temperatura, e por possuírem no seu interior, na grande maioria das vezes, fraturas ou falhas de cristalização, inclusões de minerais e outras substâncias, tomam-se bastante perigosos os choques térmicos, aplicação de vibrações, principalmente as de alta freqüência, como é o caso do ultra-som. São sempre grandes as probabilidades de ocorrerem estilhaçamentos, quebras, fraturas ou mesmo a retirada de óleos ou resinas utilizadas nos processos de tratamento das gemas.

Cuidados especiais devem ser tomados antes da aplicação de fervura, vibração ou ultra-som na limpeza das gemas, tais como:

Devemos conhecer a grandeza física denominada de coeficiente de dureza, medida por ensaios laboratoriais e indicada por um valor dentro da Escala de Mohs. Um dos sólidos mais duros encontrados na natureza é o Diamante, que possui dureza 10 na escala de Mohs. Gemas com dureza entre 8 e 10 são considerados passíveis de serem submetidas à fervura, ultra-som e vibração para sua limpeza;

Realizar uma exame utilizando-se uma lupa de 10x de aumento para que sejam determinadas a existência de fraturas, inclusões ou tratamentos no interior da gema a ser limpa;

Os diamantes, rubis, topázios, safiras, granadas, espinélios, jades, turmalinas, quartzos e crisoberilos podem ser limpos com os processos descritos,

desde que tenham sido submetidos aos exames de observação por lupa e considerados aptos ao processo.

Na aplicação da fervura deve-se tomar muito cuidado para evitar choques térmicos, isto é, submeter as gemas à mudanças bruscas de temperatura. A fervura deve ser feita com a colocação da gema ou jóia em um suporte tipo peneira, que não permita o contato direto da gema com o recipiente, elevar a temperatura da solução de água e detergente ou sabão neutro até a fervura de maneira bastante lenta e deixar fervendo por 10 ou 20 minutos. O uso de um pincel para escovar a jóia e a gema é sempre aconselhável.

O uso de vibração ( vibradores) ou ultra-som na limpeza das jóias e gemas não é aconselhável quando não realizada por profissionais. É grande o risco de ocorrerem quebras ou fraturas internas nas gemas durante o processo.

Aconselham os joalheiros mais antigos a utilização do velho método de limpeza de escovar as jóias e gemas com um pincel de cerdas moles embebido em uma solução de detergente de lavar pratos ou sabão neutro. Para secar colocar as gemas e jóias dentro de um recipiente com farinha de mesa, produto que absorve rapidamente a umidade. Depois, com o auxílio de um secador de cabelos com o jato de ar na temperatura ambiente, assoprar para retirar qualquer vestígio de farinha deixado pelo processo mais antigo e seguro de limpeza.

A seguir, são indicados cuidados que devem ser tomados quando no manuseio de determinadas gemas, normalmente as mais encontradas nas jóias brasileiras:

CUIDADOS A SEREM TOMADOS COM AS GEMAS

Água-marinha

Não deve ser fervida, Pode ser utilizado o ultra-som e vibração para limpeza, desde que não forem observadas fraturas ou tratamentos no exame de lupa de 10x de aumento.

Âmbar

Evitar calor, pressões como empilhamento, colocação de objetos pesados sobre a gema. Não utilizar solventes e detergentes fortes, ácidos e produtos químicos e ultra-som na limpeza do âmbar.

Andaluzita

A fervura e o ultra-som não são métodos aconselháveis para a limpeza da gema.

Apatita

    

 

O calor pode causar a mudança ou perda total da cor da gema, assim como a exposição da Apatita Rosa a luminosidade forte. Os ácidos fluorídrico e sulfúrico podem danificar a gema. Não devem ser submetidas à fervura ou ultra-som.

Esmeralda

Tem uma dureza de 7,5 a 8 na escala Mohs. Por ser uma gema que apresenta, na grande maioria das vezes, micro fraturas internas que podem chegar até a superfície, geralmente sofrem um tratamento por óleo. Nunca devem ser limpas por fervura, ultra-som ou vibração. É aconselhável a escovar gentilmente as gemas com pincel de cerdas macias e solução de água com sabão neutro.

Crisoberilo, Alexandrita e Olho de Gato

Podem ser submetidos ao calor, luz e químicos. Pelo alto valor dessas gemas, cuidados especiais devem ser tomados, evitando-se a fervura e o ultrasom sempre que possível.

Corindon-Rubi e Safira

Geralmente podem ser submetidas a fervura e ultra-som, Sendo gemas de alto valor é aconselhável todo o cuidado na utilização dos processos de limpeza.

Diamante

Geralmente podem ser submetidas a fervura e ultra-som. Sendo gemas de alto valor e que são submetidas a tratamentos, é aconselhável um exame prévio por lupa de 10x de aumento antes de qualquer limpeza.

Granada e suas variedades

Ácido fluorídrico concentrado e o choque térmico podem danificar a gema. O Piropo é derretido facilmente se colocado sob chama. Podem ser fervidas mas não se deve utilizar o ultra-som.

Iolita

Podem ser danificadas em contato com ácidos. Podem ser limpas com fervura ou ultra-som, mas antes submetidas ao exame de lupa de 10x de aumento.

Jadeita e Nefrita

São danificadas quando expostas à solventes e ácidos fortes, alta temperatura e forte luminosidade solar. A Jadeita pode ser limpa com fervura ou ultra-som. Deve ser verificado se o Jade não sofreu processo de tratamento com ceras.

Lápis Lázuli

Danificas pela ácido fluorídrico. Solução de cianeto causam a descoloração das cores marrom-avermelhadas. Nas pedras tratadas deve ser evitado calor,solventes ou detergentes fortes, fervura e ultra-som.

Malaquita

Podem ser danificadas com o uso de solventes, ácidos, fervera ou ultra-som.

Opala

Não limpar com ácidos, solventes. fervura ou ultra-som. Sendo uma gema composta de grãos de sílica cercados de água, cuidados especiais devem ser tomados para evitar ou retardar o processo de desumidificação. E aconselhável o uso constante da gema e sua imersão em água destilada ocasionalmente.

Pérola

Facilmente atacadas e danificadas por ácidos, solventes, vinagres, molhos, perfumes, laquês e contato com peles de alta acidez, fervura e ultra-som . Depois de usadas devem ser limpas gentilmente com pano úmido e imediatamente secas.

Devem ser guardadas em recipiente fechado, pois a poeira normal possui dureza 7, e facilmente causam abrasão as pérolas que possuem dureza de 2,5 à 4 na escala de Mohs.

Peridoto

Choque térmico ou calor aplicado de maneira não homogênea podem causar fraturas ou quebra da gema. Acido clorídrico e ácido sulfúrico causam danos a gema. Não usar a fervura e usar o ultra-som com bastante cautela.

Quartzo, Ametista e Citrino

Calor intenso pode tomar as gemas incolores. Choques térmicos podem causar quebras e fraturas. As gemas são dissolvidas em ácido fluorídrico e fluoreto de amônio e atacados por alcalis. Fervura e ultra-som devem ser usados combastante cautela.

Espinélio e suas variedades

Gemas claras podem ficar descoloradas sob a ação de calor intenso,fervura pode ser usada e o ultra-som com muito cuidado.

 

Espodumênio e Kunzita

Muito sensitivas ao calor e a luminosidade forte. São atacadas vagarosamente pelo ácido fluorídrico concentrado. Não devem sofrer fervura ou limpeza por ultra-som.

Topázio

Podem quebrar e sofrer fraturas por choques térmicos. A fervura deve ser evitada. Devido o baixo coeficiente de dureza não é recomendado o uso de ultrasom.

Turmalina e suas variedades

Choque térmico pode causar quebra e fraturas. A fervura deve ser evitada bem como o uso de ultra-som.

Turquesa

Muito sensível a temperaturas elevadas. Solventes fortes devem ser evitados e a exposição ao ácido clorídrico dissolve lentamente a gema. Os líquidos utilizados em laboratórios gemológicos para a determinação do peso específico, suor e cosméticos podem descolorir a superfície da gema. Não devem ser usadas a fervura e o ultra-som para a limpeza das gemas.

Zircônia de todas as cores

São facilmente desgastadas por abrasão. O calor pode alterar a cor da gema tratada e reverter a cor para a natural quando expostas à luz. Não deve ser fervida mas pode ser limpa por ultra-som.

Zoisita, Tanzanita

Choques térmicos podem causar fraturas. Ácidos clorídrico e fluorídrico podem danificar a gema. Não usar fervura ou ultra-som para a limpeza das gemas.

Voltar
 
 

Serviços Pedras preciosas curiosidades Cuidados metais preciosos

 

 

 
Entrega Rápida
Envio de produtos disponiveis em até 24 horas
após a aprovação do pagamento.
Siga-nos:
Pagamentos:
Parcelamos em até 12 vezes nos principais Cartões de Crédito em 
Parceria com os Pagamentos Digitais PayPal, Mercado Pago,Pagseguro, Bcash.
          


*Rua Vinte e Quatro de Maio, 77 loja 20   *Rua Barão de Itapetininga, 88  -  fones:11 33378659   / 11 3225-9946    -  Centro - São Paulo - Brasil